terça-feira, 10 de abril de 2012

Azeite: ouro líquido do mediterrâneo

fonte: http://4.bp.blogspot.com/-NqUVSxpbJeY/Ttt6TuAwdgI/AAAAAAAAAG0/IuOPK7tY4EI/s1600/azeite.jpg

O azeite vem desde a pré-história com as oliveiras selvagens. Os olivais ocupam grandes áreas da região mediterrânea, as oliveiras começam a florescer em maio, mas é em julho e outubro que as azeitonas amadurecem.

fonte: http://www.plantasonya.com.br/wp-content/img/oliveira.jpg

Inicialmente as azeitonas são verdes e vão ficando mais escuras até adquirir a cor preta.

fonte: http://3.bp.blogspot.com/_wE8sT2XKYow/SssuK8mC3JI/AAAAAAAABcs/CQ52iih33Tg/s400/azeitonas+9jpg.jpg

O processo de produção do azeite começa com as azeitonas sendo trituradas (incluindo o caroço) depois de 24 hrs de colhidas, formando um pasta, depois elas são prensadas transformando-se em azeite e água. Na próxima etapa o azeite fica repousando e a água vegetal é retirada por centrifugas.

fonte: http://boaforma.abril.com.br/imagens/mt/249-azeite-derramado.jpg

É retirado aproximadamente 1 litro de azeite de 5 kg de azeitonas.

Atualmente o país líder em produção de azeite é a Espanha que exporta para mais de 100 países.

O consumo do azeite faz bem para o paladar e à saúde. É um alimento funcional com benefícios reconhecidos pela comunidade científica internacional. Gordura natural, excelente fonte de ácidos graxos, antioxidantes e Omega 6 e 3.

Contém também vitaminas A, D, E e K, ajuda a retardar o envelhecimento da pele, contém polifenois que deixam um aroma fantástico e ainda são responsáveis por aumentar o LDL (colesterol bom), beneficiando assim nossas artérias.

Possui substancias com efeito bactericida, podendo ajudar no combate de Helicobacter pylori  microrganismo por trás da gastrite.

A gordura monoinsaturada do óleo de oliva pode diminuir o risco de tumores como de intestino e de mama.
O melhor azeite para consumo é com menos de 2% de acidez, pois conservam o aroma, vitaminas e os antioxidantes naturais.


fonte: http://imgs.sapo.pt/sabores/2011/imgs/files/img-131774.jpg

A cor do azeite pode indicar suas características como, por exemplo, o azeite verde tem aroma e sabores mais frutados.

Normalmente, os azeites mais leves e doces são mais próprios a serem usados em saladas, legumes e carnes brancas. Os mais acentuados são melhor aproveitados se usando em carnes vermelhas e cozidos.
Utilize o azeite para temperar sopas, vegetais cozidos ou crus e na água para cozinhar massas. 

Pode ser usado também como substituição da manteiga para fazer um delicioso pão na chapa ou torradinhas;



Gostou? Quer saber mais? Mande um email para a Nutricionista Camila Belentani e tire as suas dúvidas! belentanis@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário