sexta-feira, 4 de maio de 2012

Delícia sem culpa.




Há poucos prazeres maiores que a alegria de comer um doce. Vale bala, chiclete, chocolate, compota, merengue e por aí vai, se tornando um pesadelo para aqueles que procuram manter a forma e para outros que enfrentam o desafio de não poderem comer por razões médicas.

Uma solução deliciosa para os que visitam Tiradentes é o Doce de Leite do Bolota. A receita foi criada por José de Oliveira, um cozinheiro apaixonado por doces que descobriu ser diabético. Bolota, como era conhecido, não conseguia aguentar ter que deixar de lado essa paixão, decidindo então tentar driblar a doença elaborando um doce de leite com pouco açúcar, o que fazia com que a quantidade de leite aumentasse, assim como o tempo de cozimento.

Com muita persistência após diversas tentativas falhas, a receita finalmente saiu, formada por 15 litros de leite e apenas 200g de açúcar, produzindo um creme clarinho e de sabor delicado, que ficou conhecido por todo o Brasil.

Essa tradição light ainda é mantida e comercializada na casa da família por sua esposa e ex-merendeira Célia e sua filha Karina, que assumiram o negócio após a morte do criador dessa delícia mineira.

Os clientes são calorosamente recebidos no quintal da casa pela herdeira, onde podem experimentar a iguaria e levar para casa quanto quiserem.

Mais informações:

Doce de Leite do Bolota
Rua Bias Fortes, 77
Cascalho – Tiradentes
(32) 3355-1465

Texto: Chef Fabiana Simão

terça-feira, 17 de abril de 2012

Oleaginosas


fonte: http://www.mundomaisorganico.com.br/wp-content/uploads/2011/11/oleaginosas-2.jpg

São alimentos extremamente saudáveis, com componentes antioxidantes. Na lista dos nutrientes estão as fibras, proteína, cálcio, ferro, potássio, zinco, selênio, Omega 3 e 6 e vitaminas do complexo B.
As oleaginosas, são as sementes comestíveis das plantas. São representadas pelas nozes, amêndoas, castanhas, avelãs, entre outras. 



fonte: http://anabolismo.files.wordpress.com/2010/08/castanha-do-para.jpg

O selênio presente principalmente na castanha-do-Pará fortalece o sistema imunológico, um potente antioxidante que previne o envelhecimento celular e para isso é necessário apenas 1 unidade por dia;
O zinco promove aumento de glóbulos brancos.

O magnésio ajuda no controle da pressão arterial e na diminuição dos sintomas da TPM;

As oleaginosas em uma forma geral contém uma grande quantidade de gorduras monoinsaturadas que promovem o aumento do colesterol bom, diminuindo o colesterol ruim limpando assim as artérias, prevenindo as doenças cardiovasculares.



fonte: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/amendoa/imagens/amendoa-6.jpg

Do grupo das oleaginosas a amêndoa é a menos calórica, 12 unidades contém quase 100 kcal, a macadâmia é a mais calórica, que contem 200 kcal em 12 unidades.

As castanhas a pesar de calóricas podem fazer parte de uma dieta balanceada para perda de peso, pois são ricas em gorduras monoinsaturadas responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e por ativar o metabolismo de gorduras.

São ricas em ferro podendo ajudar no tratamento para anemias e por conter uma grande quantidade de gorduras auxilia na constipação intestinal.

Contém proteínas essenciais para a formação e recuperação  muscular.

A vitamina E presente nas castanhas são ótimas para saúde da pele e dos cabelos. Atuam nos processos inflamatórios e na cicatrização por serem ricas em Omega 3 e 6.

Contribuem também para o fortalecimento ósseo pela grande quantidade de cálcio.


fonte: http://atdigital.com.br/boamesa/wp-content/uploads/2011/12/arroz-com-castanha-portuguesa-1-1.jpg

Elas podem ser consumidas em saladas, no arroz, em forma de doces e para compor carne brancas ( frango e peixes).

Todas as oleaginosas além de nutritivas e saborosas são ótimas opções de lanches para o dia a dia.
É importante ser armazenadas na geladeira, de preferência em recipientes fechados para não perder suas principais características.

O consumo é recomendado, mas devemos que ter cuidado com a questão da energia, para quem quer emagrecer, consumir muitas castanhas pode elevar o consumo de calorias e prejudicar a perda de peso.




Esse post é da nossa Nutricionista Camila Belentani. Se quiser saber mais ou marcar uma avaliação, entre em contato: belentanis@gmail.com

terça-feira, 10 de abril de 2012

Azeite: ouro líquido do mediterrâneo

fonte: http://4.bp.blogspot.com/-NqUVSxpbJeY/Ttt6TuAwdgI/AAAAAAAAAG0/IuOPK7tY4EI/s1600/azeite.jpg

O azeite vem desde a pré-história com as oliveiras selvagens. Os olivais ocupam grandes áreas da região mediterrânea, as oliveiras começam a florescer em maio, mas é em julho e outubro que as azeitonas amadurecem.

fonte: http://www.plantasonya.com.br/wp-content/img/oliveira.jpg

Inicialmente as azeitonas são verdes e vão ficando mais escuras até adquirir a cor preta.

fonte: http://3.bp.blogspot.com/_wE8sT2XKYow/SssuK8mC3JI/AAAAAAAABcs/CQ52iih33Tg/s400/azeitonas+9jpg.jpg

O processo de produção do azeite começa com as azeitonas sendo trituradas (incluindo o caroço) depois de 24 hrs de colhidas, formando um pasta, depois elas são prensadas transformando-se em azeite e água. Na próxima etapa o azeite fica repousando e a água vegetal é retirada por centrifugas.

fonte: http://boaforma.abril.com.br/imagens/mt/249-azeite-derramado.jpg

É retirado aproximadamente 1 litro de azeite de 5 kg de azeitonas.

Atualmente o país líder em produção de azeite é a Espanha que exporta para mais de 100 países.

O consumo do azeite faz bem para o paladar e à saúde. É um alimento funcional com benefícios reconhecidos pela comunidade científica internacional. Gordura natural, excelente fonte de ácidos graxos, antioxidantes e Omega 6 e 3.

Contém também vitaminas A, D, E e K, ajuda a retardar o envelhecimento da pele, contém polifenois que deixam um aroma fantástico e ainda são responsáveis por aumentar o LDL (colesterol bom), beneficiando assim nossas artérias.

Possui substancias com efeito bactericida, podendo ajudar no combate de Helicobacter pylori  microrganismo por trás da gastrite.

A gordura monoinsaturada do óleo de oliva pode diminuir o risco de tumores como de intestino e de mama.
O melhor azeite para consumo é com menos de 2% de acidez, pois conservam o aroma, vitaminas e os antioxidantes naturais.


fonte: http://imgs.sapo.pt/sabores/2011/imgs/files/img-131774.jpg

A cor do azeite pode indicar suas características como, por exemplo, o azeite verde tem aroma e sabores mais frutados.

Normalmente, os azeites mais leves e doces são mais próprios a serem usados em saladas, legumes e carnes brancas. Os mais acentuados são melhor aproveitados se usando em carnes vermelhas e cozidos.
Utilize o azeite para temperar sopas, vegetais cozidos ou crus e na água para cozinhar massas. 

Pode ser usado também como substituição da manteiga para fazer um delicioso pão na chapa ou torradinhas;



Gostou? Quer saber mais? Mande um email para a Nutricionista Camila Belentani e tire as suas dúvidas! belentanis@gmail.com

terça-feira, 3 de abril de 2012

Chocolate, o alimento dos deuses!

fonte: http://i1.r7.com/data/files/2C92/94A4/2B10/7ADF/012B/1786/0F63/0EF7/cacaueiro-hg-20100915.jpg

Cacaueiro é a arvore do cacau também chamada de Theobroma Cacao. O nome vem do grego e significa alimento dos deuses.

fonte: http://www.mrbey.com.br/blog/wp-content/uploads/2010/09/cacau.jpg

O mundo só tomou ciência do cacau e do chocolate depois que Cristovan Colombo descobriu a América, antes era um privilégio dos índios que viviam na América Central, Bacia Amazônica e Sul do México. Hoje essa “ iguaria” é o alimento mais apreciado em todo mundo, seja na forma líquida ou sólida, quente ou frio e em preparações salgadas ou doces.

fonte: http://media.tumblr.com/tumblr_kvsnyumJdK1qawe86.jpg

Inicialmente o chocolate era consumido na forma líquida, uma bebida amarga de cacau torrado e água. Foi no século XVIII que os franceses desenvolveram o chocolate na forma sólida.

fonte: http://www.blogcityshoes.com.br/wp-content/uploads/2011/12/cacau.jpg



O cacau tem uma grande quantidade de antioxidantes (flavonoides);
Os flavonoides presentes no chocolate podem melhorar a capacidade de dilatação dos vasos, melhorando o fluxo sanguíneo;

Promove também a redução da oxidação do colesterol ruim (LDL), diminui risco de coágulos devido a inibição da agregação plaquetária e o decréscimo da resposta imune inflamatória do organismo diminuindo o risco de arteriosclerose.

O chocolate também contém triptofano que é um aminoácido essencial precursor de serotonina, um neurotransmissor que possui diversas funções e entre elas estão a regulação do apetite, ansiedade e humor.

Os ácidos fenólicos presentes no cacau interferem na produção do hormônio leptina que age na saciedade, ajudando o controle de peso.

fonte: http://blogs.estadao.com.br/radar-pop/files/2011/09/chocolate.png

E além de todos esses benefícios essa “iguaria” ainda aumenta o gasto energético diário por ser um alimento termogênico.

Todos esses benefícios estão no chocolate meio amargo, pois quanto mais cacau melhor.
A porção recomendada é de 30 gr por dia, o aumento da porção não provoca o aumento dos benefícios.

fonte: http://www.fondosdepantallaz.com/bulkupload/11/Variado/Chocolate%20liquido.jpg

Sabendo de tudo isso comer chocolate ficou ainda mais gostoso.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Comendo lentamente.


Ecologia é a ciência que estuda os seres vivos e sua relação com o meio em que vivem. Não é necessário ser nenhum biólogo para saber que a relação do homem com seu ambiente não vai lá muito bem.



O passar dos anos trouxe sabedoria e tecnologia com certeza, mas também trouxe sérias consequências como o efeito estufa, aquecimento global, desmatamento e por aí vai, em uma longa lista de destruições ocasionadas pela ação humana.

As mudanças mundiais também aconteceram no cenário gastronômico, com a criação do fastfood, que fez (e faz) com que o ato de comer seja diminuído à uma simples questão de sobrevivência.



Como forma de lutar contra a comida rápida, em 1986 foi criado na Itália um movimento em favor da comida lenta. O SlowFood tem como objetivo preservar o meio ambiente, mas também valorizar a satisfação e o gosto pela comida.

Em uma época em que reclamamos de falta de tempo, stress e diversas doenças causadas por ele, é importante preservar ao menos o âmbito alimentar de nossas vidas, comendo tranquilamente e, de preferência, compartilhando a mesa com pessoas queridas.



O movimento teve uma resposta positiva, aparecendo inclusive no Brasil. Chefs de cozinha como Ana Luiza Trajano, Beth Beltrão e Fábio Sicília implementam as bases do SlowFood em seus empreendimentos, mostrando aos brasileiros sua relevância. Além deles, seus mais de 60 mil membros trabalham com esse mesmo objetivo, em escala mundial, esperando que um dia comida possa ser relacionada à troca de experiências com o próximo e união, de vidas e culturas.

Mais informações:

SlowFood Brasil
www.slowfoodbrasil.com

terça-feira, 27 de março de 2012

Alimentação Saudável.

Dicas para manter uma alimentação saudável e ainda perder peso.


























Uma alimentação saudável envolve escolha de alimentos não apenas para promover perda de peso ou manter um peso ideal, mas também para garantir uma boa saúde. Um plano alimentar muitas vezes busca atingir um determinado objetivo que na maioria das vezes não vai de encontro com uma boa alimentação;


fonte: http://vidasaudavel.powerminas.com/wp-content/uploads/2008/06/Alimenta%C3%A7%C3%A3o-saud%C3%A1vel-Salada-1.jpg




Segue aqui algumas dicas para melhorar a alimentação e ainda promover perda de peso:



fonte: http://saboridades.files.wordpress.com/2011/07/met.jpg


  • Procure fazer 6 refeições diárias, preferencialmente de 3 em 3 horas. Desta forma você ensina para seu corpo que ele pode gastar bastante energia, acelerando seu metabolismo e ainda aumento da disposição;

fonte: http://3.bp.blogspot.com/-FMtU-Jg5W4A/TcGxT4Kz-SI/AAAAAAAAAvw/DVdFkW0xcaY/s1600/leite_e_derivados.jpg

  • Deve-se ingerir leite e derivados de preferência os lights ou desnatados que contém menos gordura e calorias; O leite em pó desnatado pode ser uma excelente opção para quem não gosta do sabor do leite desnatado de caixinha;

fonte: http://www.kslfitness.com.br/blog/wp-content/uploads/2012/02/frutas-legumes-e-verduras.jpg

  • Procure aumentar o consumo de frutas, verduras e legumes. Os folhosos podem ser consumidos abundantemente, os legumes deve-se respeitar uma porção* por refeição, já as frutas preferir para horários de lanches; E uma dica muito importante é preferir os vegetais da época, que são mais nutritivos, saborosos e baratos;



  • Usar soja e carne branca tipo peixe, frango, chester e peru. Carne vermelha magra, só de uma a duas vezes por semana. As preparações devem ser sempre assadas, cozidas ou grelhadas;



  • Não usar molhos prontos tipo soja, molhos, inglês, mostarda, maionese temperada, pois contém uma grande quantidade de gorduras, calorias e sódio;



  • Aumente o consumo de cereais e alimentos que contém fibras, pois assim você diminui a absorção de gorduras e açúcares e também a fome;



  • Procure comer muita salada, principalmente antes das refeições principais (Almoço/ jantar). Para temperá-la de preferência ao limão, vinagre, cheiro verde, azeite de oliva;



  • Substitua todo açúcar por adoçante a base de stévia ou sucralose;



  • Tenha sempre na geladeira gelatina light, em caso de muita fome;



  • Em horários de muita ansiedade consuma banana quente com canela e adoçante ou chocolate com mais de 50% cacau, o chocolate você pode consumir até 30 gr/dia;

fonte: http://www.nominuto.com/_resources/files/_modules/news/news_21173_big_20090129203427cfda.jpg

Prefira sempre os alimentos Lights:

São aqueles que devem ter, no mínimo, 25% de redução da quantidade de determinado nutriente e/ou calorias em relação ao alimento tradicional. Se o produto light tiver redução de nutrientes calóricos como gordura, carboidrato e proteína, ele terá conseqüente diminuição do teor calórico em sua composição;



Agora é só seguir e boa sorte!

*As porções devem respeitar o gasto energético de cada um, procure um profissional nutricionista para te ajudar.



Nutricionista Camila Belentani. Caso queiram entrar em contato com a profissional, enviem emails para belentanis@gmail.com

segunda-feira, 19 de março de 2012

Cereal Integral.

O que é um cereal integral:

O cereal integral contém 3 partes:

fonte: http://www.rgnutri.com.br/sqv/saude/cei02.jpg

  • A camada externa que é o farelo com uma grande quantidade de fibras, proteínas, vitaminas e minerais.
  • A camada intermediária que é o endosperma. Contém  uma maior quantidade de carboidratos, contém também proteína e uma menor parte de vitamina.
  • E o gérmen que é a camada interna onde contém uma maior parte de vitaminas do complexo B, vitamina E e minerais.


O grande problema do cereal refinado é que no processo, a maior parte dos seus nutrientes são perdidos, pois sobra apenas a camada chamada de Endosperma.

fonte: http://3.bp.blogspot.com/-kxxAVKWU_C4/Tl5L73RTUdI/AAAAAAAAUSc/OcyZD8QgX4s/s1600/10_MHG_saude_linhaca91.jpg

As Diretrizes Médica Americana recomenda 3 ou mais porções de cereais por dia. Exemplos de 1 porção:

fonte: http://4.bp.blogspot.com/_-4dc_Ye7MP8/S8Ne6JBmpYI/AAAAAAAAAF8/c-8LCPlR2wM/s1600/RA%C3%87%C3%83O%2BHUMANA%5B1%5D.jpg
  • 3 colheres de sopa de arroz integral;
  • 3 colheres de sopa de cereal integral (Linhaça, Trigo, Chia, Quinoa);
  • 1 xícara de cereal matinal;
  • 6 biscoitos de farinha integral;
fonte: http://www.mundomaisorganico.com.br/wp-content/uploads/2010/11/pai%C3%A7o.jpg


Benefícios dos cereais:

Além de fornecerem proteínas, vitaminas e minerais, os cereais contêm uma grande quantidade de fibras que beneficiam em vários aspectos nosso organismo.

  • Diminui o tempo do esvaziamento gástrico, prolongando a saciedade;
  • Controla os níveis de insulina devido a liberação lenta da glicose;
  • Diminui a absorção de gorduras e açucares, favorecendo o emagrecimento;
  • Aumenta o bolo fecal e com uma ingestão adequada de água favorece a formação de gel no bolo fecal melhorando o funcionamento intestinal;

A recomendação diária de fibras é de 25 a 30 gr;


Exemplo de fonte de fibras e cereal integral para o dia a dia:

fonte: http://www.wiki2buy.com.br/images/d/d5/Cereal.jpg
  • Desjejum: pão integral ou torrada integral ou bolacha integral. Iogurte ou vitamina de frutas com 1 porção de cereal que pode variar em aveia, linhaça, gérmen de trigo, granola, entre outros.
  • Lanche da manhã/ tarde e ceia: barra de cereal ou 1 fruta, ou suco de frutas;
  • Almoço/ jantar: arroz integral, grãos, verduras e legumes;


Nossa correria do dia-a-dia contribui para o aumento de produtos refinados, por terem uma maior praticidade, mas em contra partida são na maioria das vezes gordurosos e desbalanceados.

A presença de fibras na alimentação é essencial para evitar doenças como câncer de intestino, doenças cardíacas e constipação intestinal, por isso é tão essêncial seguir as recomendações diárias de consumo;

Hoje em dia encontramos nos supermercados uma enorme variedade de produtos integrais ou com adição de fibras. Com certeza você encontrará um que agrade seu paladar e tornará sua alimentação muito mais saudável!


Dica super saudável da nossa nutricionista Camila Belentani. Caso vocês tenham alguma dúvida, sugestão ou queiram marcar uma avaliação, entrem em contato com ela: belentanis@gmail.com